O Pantanal sul mato-grossense é a maior área úmida contínua do mundo e apenas em território brasileiro possui 140 mil km² de planície de inundação, estendendo-se ainda pelo Paraguai, Bolívia e Argentina. A região é considerada Patrimônio da Humanidade.

O Pantanal possui uma fauna aquática bem variada. Centenas de espécies de peixes garantem a existência de uma vastíssima comunidade de aves: mais de 600 espécies vivem na região. Existem ainda grandes populações de répteis, como jacarés e lagartos, e mamíferos, como capivaras, macacos, onças, tatus, quatis, veados, tamanduás, entre tantos outros animais.

Após pouco mais de 200 anos de atividade econômica na região, a biodiversidade e paisagem são praticamente as mesmas que seus antepassados conheceram, uma beleza selvagem e intocada. Campos abertos e limpos, vazantes, brejos, capões, cordilheiras, corixos e baías. Nesses espaços diferenciados, uma rica flora e exuberante fauna a todos encantam.

Quem tem a honra de conhecer este pedaço do paraíso escondido no centro da América do Sul e o prazer de conviver, mesmo que por pouco tempo, com a natureza e os costumes pantaneiros, passa a ver a vida com outros olhos.

O Pantanal oferece as melhores condições para observação de vida selvagem das Américas. Onças, ariranhas, antas, tamanduás, macaco bugiu e outros, além de centenas de AVES como a espetacular Arara Azul, milhares de Jacarés e a rara Sucuri. Nos últimos anos a ONÇA PINTADA (onça phantera) ou JAGUAR vem-se tornando a grande estrela da observação da vida selvagem no Pantanal Norte.

 


Melhor Época

JAN
FEV
MAR
ABR
MAI
JUN
JUL
AGO
SET
OUT
NOV
DEZ