Entre dunas douradas, paisagens grandiosas, fervedouros e cachoeiras o Jalapão a cada dia mais conquista os viajantes amantes do ecoturismo. Em meio ao cerrado do Tocantins, o destino é ideal para relaxar e curtir intensamente o contato com a natureza. A região é uma das mais bem preservadas do país e o acesso, ainda limitado, faz do Jalapão uma região bem pouco explorada. É hora de sair do roteiro comum e seguir para um refrescante banho nas águas do Jalapão, afinal, sol é o que não falta por lá.

 

 

 
1º DIA – SEXTA-FEIRA: ORIGEM / PALMAS
Chegada em Palmas, recepção e traslado para acomodação na Pousada dos Girassóis (ou similar) (28km em asfalta). Pernoite em Palmas.
 
2º DIA – SÁBADO: PALMAS / JALAPÃO

Após café da manhã em Palmas, aproximadamente as 08:15h, saída em direção ao Jalapão (180 km em asfalto até Ponte Alta). No caminho passaremos no distrito de Taquaruçu, um dos polos de turismo da capital. Almoço na cidade de Ponte Alta. Aqui acaba o asfalto e a cidade é o último local se pode comprar protetor solar, repelente, etc… Parada no Cânion da Suçuapara, um verdadeiro oásis, bem refrescante (trilha curta com descida e subida íngrime em terreno firme de cascalho e terra – aproximadamente 400 m ida e volta). No acesso ao cânion, caminhada curta dentro de água e sobre pedras. Seguiremos então em direção à misteriosa Serra da Muriçoca, onde no caminho cruzaremos as nascentes do rio Vermelho margeando a parte oeste da Estação Ecológica da Serra Geral do Tocantins. No alto da serra, se vislumbra toda a imensidão do Jalapão e podemos identificar a Serra da Jalapinha, a Serra do Espírito Santo e mais longe no horizonte a Serra Geral da Bahia. Ao final do dia chegada ao Safari Camp (120 km em estrada de terra), localizado às margens do rio Novo, onde o guia e colaboradores irão apresentar e dar dicas sobre o dia a dia no camp. Após um drink de boas-vindas será servido o jantar. Pernoite no Safári Camp.

3º DIA – DOMINGO: JALAPÃO

Neste dia, quem desejar pode acordar um pouco mais tarde e, para os mais dispostos, sugerimos solicitar ao guia que os acorde bem cedo para ir até o Mirante do Safari Camp para apreciar o nascer do sol atrás da linda Serra do Espírito Santo e de lá também é possível utilizar o telescópio terrestre para avistar as serras ao redor do camp e as falésias que formam as Dunas do Jalapão.

Após delicioso café da manhã as margens do rio, serão dadas instruções sobre o uso e a prática da Canoagem. Saída da prainha do Safari Camp, onde desceremos o Rio Novo, apreciando sua natureza selvagem (aproximadamente 1 hora – nível fácil). O Rio Novo é um dos últimos rios de água potável do mundo. Seu fundo de areia forma belíssimas praias nas margens deste rio de águas puras e cristalinas, tendo também um toque de aventura e emoção em suas corredeiras (canoagem nível fácil/ contemplativo). Retorno ao Safari Camp. Almoço. À tarde, após um merecido descanso no redário ou prainha do Safari Camp,  faremos um passeio até as Dunas (traslado de 18 km do Safari Camp até o início da trilha – nível fácil). No trajeto passaremos pela Comunidade do rio Novo com uma breve parada na ponte para fotos do rio e suas corredeiras. As Dunas são formadas por areias de quartzo de coloração dourada e cercadas por imensos chapadões, veredas e lagoas, formando um visual surreal e de natureza pujante com gigantescas falésias que mudam de cor de acordo com a luminosidade proporcionando um belíssimo pôr-do-sol. Jantar e pernoite no Safari Camp.

4º DIA – SEGUNDA-FEIRA: JALAPÃO

Após café da manhã, partida em veículo para fervedouro e cachoeira da Formiga. Os fervedouros são nascentes de
águas cristalinas e com fundo de areia branca. Devido à pressão da água que nasce, é impossível  afundar e teremos a sensação de realmente flutuarmos nas suas águas; é pura diversão. (Só serão permitidos 6 pessoas por vez no Fervedouro). No percurso atravessaremos o Vale do rio Preto, entre as Serras do Meio e do Espírito Santo. Do lado esquerdo estará o Parque Estadual do Jalapão, e do outro a parte leste da Estação Ecológica da Serra Geral, que juntos ajudam a formar o maior mosaico de áreas protegidas do cerrado brasileiro. Esta rota é rica em visuais e isto convida aos viajantes a se posicionarem nas janelas e mirantes dos veículos para sentir o ar puro, apreciando a paisagem, e tirar fotos. Chegada ao Fervedouro do Soninho – exclusividade (75 km em estrada de terra). No local também é possível tomar um banho nas águas do rio Sono, um dos principais afluentes do rio Tocantins, onde a água gelada contrasta com a água quentinha do fervedouro. Dependendo da disponibilidade e de tempo, poderemos também visitar o Fervedouro do Ceiça- Glorinha (pequeno fervedouro com capacidade limitada). Almoço no posto avançado próximo ao fervedouro do Soninho. Saída em direção a Cachoeira da Formiga (15 km em estrada de terra), uma queda que forma uma piscina natural de águas cristalinas e de cor verde esmeralda, uma experiência única no Jalapão. Partida para Mateiros (25 km em estrada de terra), onde se pode usar o celular e comprar artesanato do capim dourado, sorvete, etc…. Jantar e pernoite no Safari Camp. 

5º DIA – TERÇA-FEIRA: JALAPÃO

Saída em veículo para Trilha do Mirante da Serra do Espírito Santo* (24 km em estrada de terra). Este local selvagem e misterioso possui vista panorâmica da região do Jalapão de onde poderemos também,  ter uma noção de como se formam as famosas Dunas do Jalapão através das forças hídricas. Caminhada (8 km com subida íngreme de 800m no início da trilha e o restante em terreno plano e firme – nível médio, mas de grande desgaste físico, recomendado somente para pessoas que estejam com boa saúde e que façam atividades físicas regularmente). Retorno ao safari Camp para o almoço. A parte da tarde será livre para curtir o acampamento ou quem quiser poderá realizar uma caminhada leve nas proximidades do Safari Camp. Jantar e pernoite no Safári Camp. 

Obs* Os passeios do roteiro são de nível fácil, porém a subida do Mirante da Serra possui nível médio e envolve grande esforço físico, não sendo recomendada para pessoas com problemas cardíacos, de idade avançados ou sedentários. Estes clientes deverão permanecer no safari camp curtindo o maravilhoso rio Novo e suas trilhas no entorno.

6º DIA – QUARTA-FEIRA: JALAPÃO/ PALMAS

Após o café da manhã, visita a Cachoeira da Velha (70 km em estrada de terra). Com suas imponentes quedas em forma de ferradura, é a maior do Jalapão. Após leve caminhada, chegaremos a prainha a Cachoeira. Local extremamente agradável e sombreado com águas rasas e cristalinas. Após lanche, retorno a Palmas. Chegada na Pousada dos Girassóis (ou similar). Pernoite em Palmas.

7º DIA – QUINTA-FEIRA: PALMAS / ORIGEM

Manhã livre. Transfer para o aeroporto de Palmas.

 

O ROTEIRO PODERÁ SER ALTERADO DE ACORDO COM CONDIÇÕES CLIMÁTICAS E/OU POR MOTIVOS ALHEIOS A NOSSA VONTADE.

 

SAFÁRI CAMP É COMPOSTO POR:

Tendas para 02 pessoas com 02 camas para solteiro e banheiro (sem chuveiro)
Barraca de banho com chuveiros com aquecimento solar
Barraca cozinha
Cadeiras
Equipamento completo para canoagem.


INCLUI

– Traslado IN /OUT Aeroporto Palmas / Hotel Palmas
– 2 pernoites na Pousada dos Girassóis (ou similar) com café da manhã em Palmas;
– 4 pernoites no Safári Camp com pensão completa e lanches de trilha com sucos;
– Equipamentos de segurança para canoagem;
– Transporte Palmas / Safari Camp / Palmas
– Passeios descritos no roteiro
– Kit Boreal 

 

NÃO INCLUI

– Passagens aéreas
– Despesas pessoais
– Bebidas
– Refeições em Palmas
– Seguro Viagem


PREÇO POR PESSOA EM R$:

Captura de tela 2018-11-12 16.02.42

*Crianças – Serão aceitos somente maiores de 08 anos (não há diferença no valor)

*Aceitamos reservas de Duplo a Compartir:
Se o passageiro viajando sozinho não se importar em dividir a tenda com outro cliente, paga o valor de Duplo (2 clientes por tenda sempre do mesmo sexo)

Captura de tela 2018-11-12 16.36.31 Captura de tela 2018-11-12 16.36.37

 

Formas de Pagamento:
5% à vista
25% de entrada + 6X nos cartões Visa, Mastercard ou Diners
4X direto nos cartões Visa, Mastercard ou Diners
35% de entrada + 4X no cheque (pessoa física)


Saídas:
Início as sexta-feiras, o ano inteiro.
As saídas ocorrem com um mínimo de 4 pax.

Observações:
* Recomendamos tomar vacina contra febre amarela no mínimo 10 dias antes do embarque.
* Preços sujeitos a alterações sem aviso prévio.
* A ordem dos passeios não será obrigatoriamente a descrita acima.
* A programação acima pode sofrer alterações devido a fatores climáticos, de acesso, ou outros que a operadora julgue que possam interferir na segurança ou bem estar dos viajantes.
* CHD – serão aceitos somente maiores de 8 anos

O QUE LEVAR

– Lanterna Média com Pilhas Extras;
– 2 toalhas de Banho (uma para banho e outra para passeio);
-Tênis ou bota para caminhada;
– Tênis velho ou Papete para canoagem;
– Calça para trekking no cerrado;
– camiseta de manga comprida (para proteção solar)
– Agasalho, pois a Temperatura cai a noite;
– Protetor solar e chapéu;
– Repelentes;
– 1 Sunga / Biquíni;
– Óculos Escuros;
– Artigos de Higiene pessoas (sabonete, xampu, pasta de dente, etc…);
– Medicamentos de uso pessoal;

Ao preparar sua bagagem leve somente o necessário, pois nossa capacidade de carga é limitada a nossa máxima 20kg por pessoa.

INFORMAÇÕES ÚTEIS

*Avisar com antecedência o tipo de alimentação caso a pessoa seja vegetariana;

*Palmas é a capital do estado do TO e possui infra-estrutura completa. A voltagem é 220V.

*O Jalapão é uma região remota e não há nenhum tipo de infra-estrutura. O Posto de Saúde mais próximo está a 120km, na cidade de Ponte Alta.

*Não há sinal para telefonia Celular, porém, possuímos telefones via satélite, para uso em casos de emergências.

*Lembre-se, Turismo de Aventura muitas vezes envolve atividades de risco. Por isto, a viagem estará sujeita a alterações sempre que o chefe da equipe julgue necessário.

*Qualquer época é legal para se conhecer a região. Tem a Chamada época de chuvas, que ocorrem em janeiro, fevereiro e março (época de chuvas no Brasil inteiro), porém, como se trata de uma região localizada ao norte do Brasil, geralmente ocorrem apenas pancadas de chuvas, nada que atrapalhe a realização do roteiro. O que poderá ocorrer eventualmente, é alguma alteração nos horários dos passeios para melhor aproveitar as atrações.

*O Jalapão é uma região quente o ano inteiro . Pela manhã, a temperatura varia de 30º a 35ºC e as noites são frias, a temperatura varia de 13 a 20ºC dependendo da época do ano ( Junho a Agosto)

 


Orçamento


agência digital agência digital em são paulo agência vtex